AH! EU SOU GOIANO!!! - Goiás Esporte Clube - Eu Sou Goiás

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

AH! EU SOU GOIANO!!!

O Professor Graciano Arantes é uberlandense radicado em Goiás, músico, representante comercial, zagueiro - co-fundador do Moxé Futebol Clube / Campeão da II Liga Esmeraldina de Futebol Society, marido da Denise, papai da Lis, amigo do André, hantyo, bicicleteiro e blogueiro!




Ah! Eu sou goiano!

Essa é a diferença entre torcer para um time e ser representado por ele. Esse grito foi a coisa mais bela e profunda que já vivenciei no Estádio Serra Dourada. É a expressão mais verdadeira e o aspecto de maior impacto em se tratando de goianidade.

O torcedor esmeraldino não torce para um time, pois ele é protagonista de uma causa, a causa de sua terra, sua cultura, sua tradição, sua identidade. Quer uma prova disso, caro leitor? Fácil, fomos atropelados e humilhados em Minas Gerais há apenas três dias atrás e hoje o estádio estava abarrotado de goianos verdes e brancos gritando Ah! Eu sou goiano!

O jogo: Ditamos o ritmo da partida no primeiro tempo com uma marcação implacável. Não deixamos o adversário nos mostrar as suas qualidades e abrimos o placar por duas vezes! É parceiro, o Verde foi operado! Anularam um gol legítimo, mas vida que segue.

O jogo estava tendencioso para o lado esquerdo, onde o Araújo se movimentava, porém pouco produtivo. Poderíamos ter invertido mais as jogadas, é onde temos uma de nossas limitações, falta-nos mais opções para podermos ofender o adversário pelos dois lados do campo de modo mais homogêneo. O Verde entrou tão focado em nos presentear com uma grande partida, que até o tão criticado William Matheus jogou muito, se não teve condições de criar, também não deixou o oponente avançar ao ataque. Destaque para os volantes que encorparam o meio e mostraram que na nossa casa quem manda somos nós! Que qualidade tem Dudu Cearense!! Quanta garra da parte de Thiago Mendes, um verdadeiro leão em campo! Todos os jogadores esmeraldinos se agigantaram em campo. Gol de Ernando! No segundo tempo tivemos uma verdadeira explosão de alegria diante da grande atuação do nosso ex-reserva, o goleiro Renan, este que trás em sua bagagem o título de campeão da Libertadores da América.

O time dos paulistas veio com tudo tanto pressionou que a opção do Verde era se segurar e tentar sair nos contra-ataques, onde brilhou a estrela do nosso craque Walter, que a cada jogo vem mostrando do que é capaz. Esse rapaz é simplesmente o maior pivô que já vi jogar em toda a minha vida! Ganhava todas

dos zagueiros, hora matando a bola no peito em alto estilo e dando sequencia nas jogadas, hora de cabeça, hora armando as jogadas como um verdadeiro meia de criação. Na minha opinião, o maior jogador da partida!

Tivemos a oportunidade de consolidar a vitória em uma bela participação de Araújo pela esquerda, assim como em uma assistência de Walter, também pela esquerda ao William Matheus que deveria ter batido de primeira, mas deixou escapar.

A pressão que sofríamos era tão grande que a qualquer momento poderíamos também levar o empate, o que acabou acontecendo bem no finalzinho do jogo.

Faltou-nos um atacante veloz e um pouco mais de qualidade em nosso time.

“Empate com sabor de derrota”.

Orgulho recuperado! AH! EU SOU GOIANO!!

--------------------------------------

Cá entre nós:

Dedico este espaço de hoje ao nosso estimado amigo e xodó da torcida esmeraldina JOTA GOIÁS que se encontra de luto pela sua saudosa mãe.

Nossos Sentimentos.



Professor Graciano Arantes