Goiás 1 x 1 Coritiba - Goiás Esporte Clube - Eu Sou Goiás

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Goiás 1 x 1 Coritiba



O Professor Graciano Arantes é uberlandense radicado em Goiás, músico, representante comercial, zagueiro - co-fundador do Moxé Futebol Clube / Campeão da II Liga Esmeraldina de Futebol Society, papai da Lis, amigo do André, hantyo, bicicleteiro e blogueiro!



Mais um empate “amargoso”, e dentro de casa.

- Somos limitados? Sim!

- Temos carência na armação das jogadas? Sim.

- Nosso toque de bola é dos melhores? Não.

- Entramos com a mesma garra que aplicamos contra o time da moda? Também não!

Mesmo assim, o adversário encaixou poucas jogadas no primeiro tempo, dentre elas a que originou o gol e no segundo tempo o Renan mal pegava na bola, o Goiás pouco ameaçado. Foram muitas oportunidades perdidas pelo nosso ataque. Sendo assim, poderia até arriscar algo do tipo “faltou a bola entrar”.

É meu amigo, eu acreditei em vitória hoje sobre o bom time do Coritiba. Qualquer esmeraldino que tenha acompanhado o jogo passado também estaria do meu lado. Então, quer dizer que só vale entrar com tudo contra os grandes?

Também gostaria de entender o Dudu Cearense fora da partida. Já estamos carentes de bons jogadores, daqueles que colocam o pé em cima da bola e levantam a cabeça, o time pouco jogou com Hugo e Araújo e na hora que acerta na escalação, entra com o Juliano que há muito não joga uma?

No primeiro tempo o time do coxa atuou super tranquilo, a sua equipe bem postada, demonstrando clareza nas ações e com toque de bola mais qualificado que o nosso. Depois que fez o gol também não ofendeu tanto o nosso Verde, mas ainda sim fez um primeiro tempo melhor.

O Goiás muito pouco ofensivo e em grande parte, assumindo a postura de atrapalhar as ações do adversário. Laterais sem ofensividade e muita dependência de Walter buscar jogo de trás e Araújo em suas tentativas de jogadas individuais. Ainda, na base da força e da vontade quase empatamos a partida.

Para o segundo tempo, Enderson já entrou com o meia Renan Oliveira no lugar do volante Juliano para ser mais ofensivo perante o adversário, deixando o meia Hugo mais fixo pela esquerda, onde, recebeu o passe de William Mateus e conseguiu um ótimo cruzamento para o Walter finalizar de cabeça.

O segundo tempo foi do Goiás que mesmo sem muita qualidade técnica foi para cima do coxa que apenas sentou no azulejo, chamando o Goiás para o ataque. William Mateus, sempre vaiado pela torcida, perdeu uma boa chance de gol, mas se redimiu com ótimas cobranças de escanteio e faltas lançadas na área do adversário.

Em uma jogada de Walter para o Vitor na direita o árbitro da partida errou ao apontar impedimento, onde dois jogadores do Verde livres poderiam finalizar com grandes chances de gol. Na sequencia o Enderson sacou Araújo para a entrada de Neto Baiano e depois o Ramon para a entrada do Sasha e foi para o tudo ou nada com três atacantes!

Deu certo! Aos 30 minutos, em boa cobrança de escanteio de William Mateus o camisa 10 Hugo, no oportunismo, balançou a rede para a nossa alegria!

Após o gol de empate, o Verde acentuou a pressão sobre o time paranaense, resultando em pelo menos três finalizações em que a bola poderia ter entrado. Mas terminou assim, um novo empate dentro de casa e a torcida aguardando a primeira vitória no campeonato.

-------------------------------------------------------

Cá entre nós:

- Todas as jogadas passam pelo Walter que toca para o Vitor, que quando acerta o cruzamento também é em direção ao Walter. Meio manjado, não?

- Hugo e Araújo estão deixando a desejar.

- Thiago Mendes fazendo a diferença na marcação.

- Amigo leitor, deixe a sua opinião!



Professor Graciano Arantes