Técnico do Goiás vê falta em Renan, mas minimiza suposto erro do árbitro | Eu Sou Goiás
Notícia
Carregando...

Técnico do Goiás vê falta em Renan, mas minimiza suposto erro do árbitro

Julinho Camargo, técnico do Goiás (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)

Ponderado, Julinho Camargo aponta infração no lance, mas evita condenar atuação do juiz Bruno Arleu de Araújo (RJ): "Deixa os caras apitarem. Essa pressão só piora"

Apesar de considerar que o árbitro Bruno Arleu de Araújo (RJ) errou ao validar o gol de André Lima na virada do Avaí sobre o Goiás por 2 a 1, na Ressacada, Julinho Camargo evitou condenar a atuação do juiz. O técnico esmeraldino avalia que houve falta do atacante do clube catarinense no goleiro Renan, mas preferiu não disparar críticas efusivas em relação ao trabalho do profissional de arbitragem, mesmo considerando que a jogada teve influência direta no resultado da partida.

- Este árbitro e os outros, assim como nós técnicos e, às vezes, até o pessoal da imprensa, não erra porque quer. Eu relevo pequenos erros. É mais difícil quando se erra na bola do jogo e isso me deixa profundamente chateado, mas não vou atribuir a derrota a isso. Deixa os caras apitarem. Acho que essa pressão só piora. A última coisa que um árbitro quer é errar. Confio muito no trabalho deles, apesar de que, de onde eu estava, a carga (do André sobre o Renan) foi notória.

Julinho Camargo destacou que o Goiás fazia uma atuação segura até o momento em que cedeu o empate, aos 39 minutos do segundo tempo. O Alviverde abriu o placar e não deu tantas chances ao Avaí, mesmo tendo recuado na segunda metade da partida.

- Não fomos pressionados. Não houve bola na trave, pênalti, sufoco, essas coisas. Eles realmente tiveram mais volume de jogo, mas estava sob controle. A melhor oportunidade do jogo, para os dois clubes, foi a do Liniker. Ali poderíamos ter feito 2 a 0 e definido a partida - pondera o treinador.

Se a vitória levaria o Goiás à 12ª colocação, a derrota fez o clube perder uma posição e cair para o 15º lugar, com os mesmos 28 pontos. O próximo jogo é contra a Ponte Preta, quarta-feira, às 19h30, no Serra. Erik e Zé Love cumpriram suspensão e ficam à disposição do técnico Julinho Camargo. Já o volante Ygor recebeu o terceiro cartão amarelo e é desfalque certo.





GE - Goiânia - GO
Foto: Jamira Furlani - Avaí FC
Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário