Goiás elimina Guarani em confronto marcado por polêmicas e tumultos | Eu Sou Goiás
Notícia
Carregando...

Goiás elimina Guarani em confronto marcado por polêmicas e tumultos



Divulgação - Guarani FC


O Goiás confirmou a classificação às oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior em partida polêmica dentro e fora de campo. Com gol de Rezende na metade do segundo tempo, o time esmeraldino fez 1 a 0 no Guarani, que, na visão de elenco e diretoria, tem muito a reclamar da arbitragem de Alessandro Darcie. O Bugre terminou a partida com um a menos (o zagueiro Gabriel, capitão do time) e sem o técnico Carlinhos, expulso por entrar no gramado logo após o gol marcado pelo adversário.

O clima de insatisfação ficou claro assim que o árbitro trilou o apito final. Os bugrinos partiram para cima do juiz, indignados pelo critério durante os 90 minutos. Mineiro era o jogador mais inconformado. Léo Rigo, zagueiro, reclamou de agressão de um Policial Militar, que entrou no gramado do Nicolay Alayon, em São Paulo, para proteger Alessandro Darcie e os auxiliares. Carlinhos, treinador, também acusa o árbitro de agredi-lo com um empurrão.

Polêmicas à parte, o Goiás fez por merecer a classificação. Apesar da postura aguerrida do Guarani, que jogou desde os 42 minutos do primeiro tempo sem o zagueiro e capitão Gabriel, o time goiano atuou de maneira mais segura. Criou oportunidades com Leônidas, armador da equipe, e Richard, velocista do ataque. Na etapa inicial, Passarelli levou a melhor contra os atacantes e se destacou com a camisa 1 do Bugre.

Após o intervalo, a postura dos dois ficou mais evidente por causa da expulsão de Gabriel. O Guarani retraiu-se na defesa à espera de espaços no campo de ataque. O Goiás sufocou o adversário até chegar ao gol. Após toque de cabeça de Washington, Rezende bateu firme e venceu o duelo com Passarelli. 
A bola na rede ampliou o favoritismo goiano e aumentou o tom das críticas do time de Campinas.

Ao fim da partida, o Goiás ignorou a confusão generalizada no gramado do Nicolau Alayon e comemorou a classificação às oitavas de final. Pega o vencedor de Grêmio Prudente e Corinthians, com amplo favoritismo para o Timão, maior campeão da Copinha, com oito títulos. O Guarani, cheio de reclamações, volta para casa com sentimento de dever cumprido, após duas eliminações precoces na primeira fase do maior torneio sub-20 do país.

Ficha Técnica
Goiás 1 X 0 Guarani
Goiás: Anderson; Evertom, David, Washington e Paulão (André Júnior); Rezende, Matheus Pereira, Carlos Eduardo e Leonidas; Richard (Valdemir) e Edson Júnior (Yhan).
Técnico: Augusto César

Passarelli; Marcinho, Léo Rigo, Gabriel e Lucas Dias; Mineiro, Mutton (Rômulo), João Vittor e Gabriel Esteves; Salamene (Buiu) e Victor Bandeira (Etto).
Técnico: Carlinhos

Gols: Rezende, aos 25 minutos o 2º tempo.
Cartões amarelos: Carlos Eduardo e Evertom (Goiás); Gabriel, Marcinho, Victor Bandeira, Mineiro e Mutton (Guarani)

Cartão vermelho: Gabriel (Guarani)
Local: Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo (SP)
















GE - São Paulo
Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário