DESTAQUES

Torcedores não querem a redução do campo do Serra Dourada

Gramado do Serra Dourada
Divulgação - Estádio Serra Dourada





Estádio Serra Dourada - Os torcedores goianos e o público em geral não desejam a diminuição das dimensões atuais do campo de jogo do Estádio Serra Dourada. Foi isso o que revelou pesquisa informal realizada pela Administração da praça esportiva através das redes sociais. 

De centenas de manifestações espontâneas verificadas nas páginas do estádio em relação a este tema, a maioria esmagadora se posicionou contra a medida, enquanto um número muito pequeno achou a idéia de diminuir o campo interessante.


Gramado do Serra Dourada
Independente do resultado da pesquisa informal, a administração do Serra Dourada ainda aguarda a manifestação dos três clubes de Goiânia que tem utilizado o estádio, a saber, Goiás, Vila Nova e Atlético, e da Federação Goiana de Futebol (FGF) a respeito do assunto. Ofícios foram encaminhados a essas entidades solicitando que elas se posicionem a respeito do tema, levantado por membros de clubes de fora do Estado de Goiás que aqui comparecem para enfrentar os goianos pelo Campeonato Brasileiro.

O Caso
Inaugurado em 1975, o Serra Dourada é um estádio aos moldes antigos, com formato arredondado, ampla espaço nas laterais do campo e atrás dos gols. A principal característica desses estádios, porém, é o tamanho do campo de jogo, geralmente amplo. A explicação de seus construtores e dos dirigentes do futebol naqueles tempos é de que dimensões amplas dificultavam a retranca e o antijogo, favorecendo a equipe melhor preparada e mais interessada em jogar.

O Maracanã, que já foi o maior estádio do mundo, por exemplo, tinha também um campo de futebol nas dimensões máximas permitidas pela regra, ou seja, 120 metros de comprimento por 90 metros de largura. O Serra Dourada foi inaugurando com um tamanho um pouco menor que o Maracanã de então, 110 metros de comprimento por 75 metros de largura, dimensões que conserva até hoje.

Mas o tempo passou e o conceito de como jogar futebol parece ter mudado. A Federação Internacional de Futebol (FIFA, na sigla em francês e inglês) decidiu estabelecer um tamanho único, padrão, embora a regra que determina o tamanho do campo não diga nada a este respeito e mantenha as medidas mínimas e máximas nos valores de sempre. O tamanho exigido pela FIFA para as competições promovidas por ela, a saber, Copa do Mundo e Mundial de Clubes, é de 105 metros de comprimento por 68 metros de largura.

Com a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, vários estádios foram construídos com estas dimensões e outros adaptados a elas. O Serra Dourada permanece como antes. Ultimamente alguns membros de equipes visitantes decidiram reclamar do tamanho do campo, alegando que isso prejudica o jogo e o preparo físico de seus jogadores. Diante disto, a Administração do Serra Dourada decidiu perguntar aos seus clientes, os clubes goianos, o que eles desejam que seja feito.

A Regra
Apesar da determinação da FIFA de que os estádios sejam construídos mundo a fora nos moldes e tamanhos europeus, ou seja, nas medidas de 105 metros de comprimento por 68 metros de largura e sem largos espaços em torno do campo de jogo, o fato é que a regra que determina o assunto não mudou. Trata-se da Regra 1 do Futebol, que diz que o gramado deve ter dimensões mínimas de 90 metros de comprimento por 45 metros de largura e máximas de 120 metros de comprimento por 90 metros de largura. Qualquer proporção dentro desses limites e garantindo que o campo seja retangular é válida.

Todas as regras em vigência no futebol foram criadas e são atualizadas exclusivamente pela International Football Association Board (IFAB). A FIFA não pode, por conta própria, modificar nenhuma delas. Pode apresentar recomendações à sua interpretação, o que faz constantemente para adequar a pratica do futebol aos interesses do momento. Mas a IFAB realiza reuniões anuais em que revê os regulamentos e analisa a necessidade de mudanças. Alterações, contudo, são raríssimas. 

O último encontro da IFAB aconteceu em Zurique, Suiça, no dia 1º de março de 2014. Foi a 128ª reunião anual da entidade e as determinações deste encontro estão valendo para o biênio 2014/2015. O que foi definido no congresso entrou em vigor no dia 1º de junho de 2014. A próxima reunião da IFAB está marcada para o dia 28 de fevereiro de 2015, em Belfast, na Irlanda do Norte.

















Estádio Serra Dourada

Começa trabalho de instalação de cadeiras no Serra Dourada

Gabarito de onde serão afixadas as novas cadeiras do Serra Dourada
Divulgação - Estádio Serra Dourada



Estádio Serra Dourada - Com o objetivo de oferecer mais conforto ao público que comparece aos eventos realizados em suas instalações, especialmente os jogos de futebol, a Administração do Estádio Serra Dourada deu início ao trabalho de instalação de 10 mil cadeiras rebatíveis em parte do seu antigo setor de arquibancadas. A empresa vencedora da licitação tem prazo de 90 dias para concluir o serviço.


Trabalhadores trabalham instalando novas cadeiras no Serra Dourada
Funcionários da empresa vencedora da licitação
iniciando o processo de instalação


As novas cadeiras são do modelo Berlin, rebatíveis e com resistência à ação de clima e de vandalismo, agüentam muito peso e pressão sobre elas, resistindo bem no caso de uso indevido, como, por exemplo, pessoas em pé sobre elas. Contudo, o estádio manterá bastante espaço para o público que prefere assistir às partidas em pé, como é o caso das chamadas “torcidas organizadas”.

O setor de arquibancadas que está recebendo as cadeiras é o que fica na ala oeste do estádio, diretamente abaixo do setor de cadeiras original e das cabines de imprensa e comunicação. Mas a instalação do novo equipamento vai se estender, também, pelas arquibancadas localizadas atrás de ambos os gols, até onde começam as arquibancadas cobertas da ala leste, onde tradicionalmente ficam as torcidas organizadas.

“Nosso objetivo é dar mais conforto aos freqüentadores do Serra Dourada. As novas cadeiras são apenas uma parte do que deverá ser feito. Uma grande mudança vem por ai”, explica Izabella Maia, gerente do estádio. Essa grande mudança será uma ampla reforma que o Governo de Goiás, proprietário do Serra Dourada, pretende fazer, adequando o equipamento ao conceito de “arena”.












Estádio Serra Dourada

Alterado horário da partida entre Goiás x Figueirense

Site Eu Sou Goiás






Campeonato Brasileiro Série A 2014 - Por motivo de força maior, em razão da divulgação da tabela das oitavas-de-final da Copa Sul-Americana ter ocorrido apenas na última sexta-feira, dia 26/09, o que obrigou o Goiás a definir sua logística no último final de semana.

O retorno do clube à Goiânia após a partida que fará no Equador se dará às 18 horas de sexta-feira, dia 03/10. Sendo assim, para viabilizar, a pedido do clube, mais algumas horas de descanso aos seus atletas, decidimos por transferir a partida de 18:30 h para 21:00 h. (Vide IMT - 51BSA/14 de 29/09/14).



Goiás - GO x Figueirense - SC

Jogo: 260 / Rodada: 26
Data: 04/10/2014 às 21:00 / Estádio: Serra Dourada - Goiania - GO
Última alteração válida: 29/09/2014 às 16:19
OriginalAlterada para
Data04/10/201404/10/2014
Hora18:3021:00
EstádioSerra DouradaSerra Dourada








CBF

CBF promove reunião sobre Regras do Futebol

Site Eu Sou Goiás


CBF - A CBF, através de sua comissão de arbitragem, convoca os representantes da imprensa e os capitães dos 20 clubes participantes do Campeonato Brasileiro da Série A para uma reunião técnica que será realizada na quinta-feira, às 15 horas, no auditório da entidade.

Na reunião, os árbitros sorteados para atuar na 26ª rodada da Série, que será quase toda realizada no sábado, em virtude das eleições – haverá apenas um jogo na quinta-feira - e mais instrutores de arbitragem vão debater e analisar de maneira didática as Regras do Futebol, em especial as orientações da FIFA referentes à mão na bola.

Serão apresentados 26 vídeos, mais oito analisados pela FIFA como decisões corretas de nossas competições.

Os representantes da imprensa se credenciarão na portaria da CBF a partir das 13 horas de quinta-feira.








CBF

Trio boliviano comanda partida entre Emelec x Goiás

FIFA


Copa Sul-Americana 2014 - O órgão máximo do futebol sul-americano, nomeou os três candidatos que irão conduzir a partida entre Emelec e Goiás.

Apitará o embate entre equatorianos e brasileiros, quarta-feira 01/10, no George Lewis Capwell Stadium, pelas Oitavas de Final da Copa Sul-Americana, o árbitro Oscar Maldonado, da Bolívia. Ele será auxiliado por seus compatriotas Arol Valda e Edwin Paredes .



Confira mais informações sobre o jogo entre Emelec  x Goiás:

   01 de Outubro
   22:00
Oitavas de Final
 Guayaquil, Ecuador
Brazil  Emelec
Goiás  Brazil

Abpfiff Árbitro
Oscar Maldonado
Bolivia
 Asistente 1
Arol Valda
Bolivia
 Asistente 2
Edwin Paredes
Bolivia
 4to Árbitro
Jhonny Cuellar
Bolivia
Asesor
Juan Corozo
Ecuador













Conmebol

Futsal é campeão dos Jogos Abertos de Goiás

Divulgação - Goiás Esporte Clube





Jogos Abertos de Goiás 2014 - A equipe adulta de futsal do Goiás Esporte Clube foi campeã dos Jogos Abertos de Goiás no último final de semana, em Itumbiara. Com o título, o time irá representar o estado nos Jogos Abertos Brasileiros em 2015.

O time composto pelos atletas, Jean Vicente, Michael Filipe, Rodrigo Vieira, Thiago Nunes, Felipe Moraes, Matheus Gratão, Hebberth, Sergio Leite, Leandro Elias, Willian Mendes, João Jairo de Oliveira, Edilson, Vinicius é treinado por César Paraíba, que conta com a contribuição do fisioterapeuta Ailton Rezende, e do roupeiro Erick.

Agora, a equipe volta a pensar no Campeonato Goiano. Na próxima quinta-feira, 2, irão enfrentar a Uni-Anhanguera, às 21h30, e na sexta-feira, 3, enfrentarão o Porangatuense, às 20h30, no Ginásio da Serrinha.











Goiás Esporte Clube


Drubscky reconhece má atuação do Goiás e lamenta erros de arbitragem

Nelson Antoine - Foto Arena


Campeonato Brasileiro Série A 2014 - Para técnico, time esmeraldino mereceu perder para o Santos, porém, gol não validado e pouco tempo de acréscimo são questionados após a partida no Pacaembu.

Ricardo Drubscky desabafou após a derrota do Goiás para o Santos por 2 a 0. O treinador não costuma reclamar da arbitragem, mas não poupou o erro neste domingo. Aos 18 minutos do segundo tempo, o meia Esquerdinha arriscou de fora da área, e a bola pingou dentro do gol, na frente do árbitro auxiliar Ricardo Marques Ribeiro. O juiz principal, Héber Roberto Lopes não validou o lance, que poderia ter mudado o cenário do jogo. Segundo o treinador esmeraldino, a derrota foi justa, mas o erro no lance é imperdoável.

- Acho que a gente não jogou bem, não fizemos um bom primeiro tempo, não finalizamos. Sofremos o segundo gol e continuamos tentando até fazer o gol que não foi validado. Não dá para entender. Do banco de reservas não dá para ver, mas depois do jogo conversei com um, com outro, e todos falaram que a bola entrou muito. Não ofendi ninguém, mas me manifestei. Lamento o que aconteceu. Além disso, o árbitro deu só dois minutos de acréscimos, sendo que tivemos várias substituições e atendimentos médicos. É um erro crasso. 

Com a segunda derrota seguida no Campeonato Brasileiro, o Goiás cai para a 13ª colocação, com 30 pontos. O time voltará a jogar pela Série A no sábado, contra o Figueirense, em Goiânia. Antes, porém, o Verdão volta suas atenções para a Copa Sul-Americana. Na quarta, o rival nas oitavas de final será o Emelec, em Guayaquil, no Equador. A delegação esmeraldina embarca de São Paulo na manhã desta segunda-feira e retorna para Goiânia na sexta.











GE - São Paulo-SP

Esquerdinha se revolta com erro e questiona função do árbitro adicional

Reprodução - Premiere FC




Campeonato Brasileiro Série A 2014 - Meia do Goiás não esconde frustração com Ricardo Marques Ribeiro, que não sinalizou gol legítimo do Verdão no Pacaembu: "Ele está ali atrás do gol para que?"

O Goiás não criou muitas chances, perdeu para o Santos por 2 a 0 no Pacaembu, mas o panorama do jogo poderia ter mudado não fosse um grave erro de arbitragem. Aos 18 minutos do segundo tempo, o meia Esquerdinha chutou de fora da área, a bola pingou dentro do gol e saiu. A jogada foi anulada em seguida porque o volante David completou para o fundo das redes e posição de impedimento. Revoltado com o lance, Esquerdinha questionou a presença do árbitro adicional Ricardo Marques Ribeiro.

- Estão dizendo que foi gol. É triste não dar um gol desses. O cara (arbitro) está ali atrás do gol para que? A gente fica indignado, poderíamos diminuir o placar e depois tentar o empate. Agora vamos pensar na Copa Sul-Americana.

Com a segunda derrota seguida no Campeonato Brasileiro, o Goiás cai para a 13ª colocação, com 30 pontos. O time voltará a jogar pela Série A no sábado, contra o Figueirense, em Goiânia. Antes, porém, o Verdão volta suas atenções para a Copa Sul-Americana. Na quarta, o rival nas oitavas de final será o Emelec, em Guayaquil, no Equador. A delegação esmeraldina embarca de São Paulo na manhã desta segunda-feira e retorna para Goiânia na sexta.










GE - São Paulo-SP
Indique Nosso Site
 
©Desde Fevereiro de 2012Eu Sou Goiás
O Site do Torcedor Esmeraldino