Julinho Camargo reconhece esforço do Goiás e explica substituição de Erik | Eu Sou Goiás
Notícia
Carregando...

Julinho Camargo reconhece esforço do Goiás e explica substituição de Erik

Julinho Camargo, técnico do Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Técnico diz que time atuou bem com um jogador a menos e que atacante escolhido para deixar a partida para entrada de Alex Alves estava pior do que os companheiros.

O técnico Julinho Camargo elogiou a postura do Goiás na derrota por 2 a 1 para o Grêmio, neste domingo, em Porto Alegre. Com a expulsão de Felipe Macedo aos 33 minutos do primeiro tempo, o Verdão atuou com um jogador a menos por mais de 60 minutos contabilizando os acréscimos. Para o treinador esmeraldino, a equipe até melhorou taticamente com 10 jogadores em campo.

- A gente sentiu o início do Grêmio, que foi muito forte. Mas depois, por incrível que pareça, a gente se organizou num 4-4-1 e o time ficou firme. Achou o gol, fez uma partida de recuperação de forma organizada. Mas jogando quarta e domingo e ainda perdendo um jogador você tem de se superar fisicamente. Nossa equipe sentiu, é natural. No fim, o Bruno Henrique ainda quase empatou. Diante das circunstâncias, teria sido um bom resultado – comentou Julinho Camargo.

O técnico do Goiás também explicou a substituição de Erik, que foi trocado por Alex Alves logo após a expulsão de Felipe Macedo para que a defesa fosse recomposta. Segundo o treinador esmeraldino, a opção foi técnica, pois Zé Love e Bruno Henrique estavam melhores na partida.

- Eu tinha de fazer opção entre Erik, Bruno e Zé. Eles estavam jogando melhor. O Erik não é insubstituível. Temos de ver quem está melhor na hora. O Bruno estava fazendo uma boa partida e até fez o gol depois. E o Zé é nossa referência.





GE - Porto Alegre - RS
Imagem: Reprodução TV Anhanguera
Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

    Comentário Blogger
    Comentário Facebook

0 comentários :