Julinho Camargo reconhece má noite, mas valoriza atuação do Brasília | Eu Sou Goiás
Notícia
Carregando...

Julinho Camargo reconhece má noite, mas valoriza atuação do Brasília

Julinho Camargo comenta jejum de gols do Goiás (Foto: Reprodução / TV Anhanguera)

Técnico do Goiás lamenta eliminação na Copa Sul-Americana e cita vitórias sobre São Paulo e Vasco para lembrar que adversário também teve seus méritos para vencer.

A frustração foi grande no Serra Dourada. Após ótimas vitórias sobre São Paulo e Vasco no Campeonato Brasileiro, o Goiás não conseguiu manter o nível técnico e foi superado pelo modesto Brasília, que não está nem mesmo na quarta do futebol nacional. A derrota por 2 a 0 põe fim à trajetória do time e ao sonho da torcida, que sempre valoriza a Copa Sul-Americana. Resta agora tentar manter a reação na Série A.

Após a partida desta terça-feira, o técnico Julinho Camargo reconheceu a má atuação do time, mas usou justamente as vitórias sobre São Paulo e Vasco para elogiar o adversário. Segundo o treinador esmeraldino, quando um time menor surpreende, os olhares ficam voltados para as falhas da equipe derrotada, no entanto, é preciso valorizar o desempenho do Brasília.

- Não faltou comprometimento e nem vai faltar. Não estamos aqui para brincar. Quando a gente ganhou do São Paulo, muita gente falou que o São Paulo jogou mal. Quando ganhamos do Vasco, a mesma coisa. Quando ganhamos de uma equipe grande, nem sempre enxergam nossos méritos. Atuamos mal, sim. Tivemos vários jogadores abaixo do esperado, mas o Brasília fez uma ótima partida. Foi organizado. Também teve seus méritos – comentou Julinho Camargo.

Ao contrário do jogo de ida, quando escalou equipe reserva, o treinador do Goiás optou pelo que tinha de melhor nesta terça-feira – Zé Love não atuou porque não estava inscrito. Segundo Julinho Camargo, vários jogadores não tiveram bom rendimento, o que impossibilitou qualquer reação durante a partida.

- Estamos muito tristes porque queríamos vencer. Nos preparamos para vencer, por isso, colocamos o que tínhamos de melhor. Não poupamos ninguém. Quando você tem sete ou oito jogadores em um dia ruim, é difícil levar o jogo. Quando dois ou três, apenas, estão mal, às vezes o restante consegue fazer com que o resultado seja satisfatório. Mas nesta noite não tivemos uma boa apresentação.




GE - Goiânia - GO
Imagem Reprodução TV Anhanguera
Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário