Notícia
Carregando...

Julinho Camargo releva possibilidade de demissão: "Cargo sempre de risco"


Após terceira derrota em três jogos no Goiás, treinador se mostra tranquilo e diz pensar apenas em fazer a equipe vencer a próxima partida no Campeonato Brasileiro.

Três jogos e três derrotas, sendo todas por um gol de diferença. A última foi neste domingo, por 1 a 0, para o Flamengo. Este é o retrospecto do técnico Julinho Camargo no Goiás. Embora o time esmeraldino tenha apresentado melhor volume de jogo de uma partida para outra, os resultados, que deixam o time na zona de rebaixamento, incomodam. Mas apesar disso, o treinador se mostra tranquilo. Segundo ele, o risco de demissão sempre vai existir nesta profissão.

- Eu falo que meu cargo é sempre de risco. Trabalho com futebol há muito tempo, a vida inteira é assim. Mas não penso nessas coisas, isso eu deixo para a diretoria. Eu penso apenas em vencer o próximo jogo. É assim que eu trabalho – disse Julinho Camargo.

O treinador do Goiás comentou a atuação do time neste domingo. Foram várias chances de gol, principalmente no primeiro tempo. Na etapa final, o meia Liniker ainda acertou a trave do goleiro César. Julinho não esconde a decepção com os resultados.

- O resultado que me perturba, me deixa chateado e irritado. Mas acho que a produção, principalmente no primeiro tempo, foi boa. Poderíamos ter feito um ou dois gols. Isso mudaria totalmente o panorama da partida.

O Goiás é o 17º colocado do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos, e poderá continuar na zona de rebaixamento mesmo se vencer o Coritiba no próximo domingo, fora de casa. O próximo jogo no Serra Dourada será dia 9 de agosto, contra o Atlético-MG. O atacante Erik, que estava nos Jogos Pan-Americanos, se apresentará ao Goiás na terça-feira.





GE - Goiânia - GO
Foto: Rosiron Rodrigues
Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário