Notícia
Carregando...

Curso de Gestão reúne profissionais de dentro e fora dos campos


Na linguagem da bola, a sexta-feira foi de aulas em tempo integral para os 85 alunos do Curso de Gestão de Futebol, que faz parte do projeto de Fundo de Legado da Copa do Mundo de 2014 e reúne profissionais de várias áreas do futebol masculino e feminino, além de ex-jogadores e árbitros.

Entre os participantes está o presidente da Federação de Futebol do Mato Grosso do Sul, Francisco Cezário. O dirigente ressaltou que o aprendizado adquirido no curso será muito importante para o futebol do seu Estado.

– Estamos vivendo um momento de transformação do nosso futebol. Para a nossa federação, poderemos transmitir esses conhecimentos para orientar melhor os clubes, com o objetivo de melhorar a organização dentro do modelo nacional – disse Cezário.  

Após o intervalo para o almoço, o grupo deu início ao módulo de Estrutura e Governança, ministrado pelo mestre em administração Michel Mattar. O ex-jogador Fernando Santos, com passagens por Flamengo e Vasco, estava empolgado como quem está prestes a entrar em campo para um jogo decisivo.

- Temos que pensar o que vamos fazer depois que a gente sai dos campos, e é muito difícil sair do meio do futebol. Estou fazendo esse curso para me capacitar e conseguir trabalhar dentro dos clubes – comentou Fernando. 

Quem também viveu muito tempo dentro dos campos, e agora vive o outro lado do futebol é o ex-árbitro e comentarista esportivo Carlos Eugênio Simon. Ele elogiou a realização do curso como parte do Fundo de Legado da Copa do Mundo:

– A CBF está de parabéns. O futebol está passando por uma modernização e esse curso é fundamental nesse aspecto. Todos os assuntos do cronograma são importantes para a formação do gestor. Depois de muito tempo dentro do campo como árbitro, estou agora conhecendo mais sobre o outro lado.

Um dos representante do futebol feminino, o presidente do Vitória de Santo Antão, Paulo Roberto Arruda, destacou a possibilidade de troca de experiências com dirigentes de clubes da Série A para promover a categoria no cenário nacional:

– Esse curso representa muito para o futebol feminino, pois promove um intercâmbio com os outros clubes e isso ajuda a fortalecer a nossa modalidade. Dá oportunidade ao futebol feminino de ser visto não só internamente, mas também para o grande público. 

O Curso de Gestão de Futebol vai até dezembro, com aulas três vezes ao mês sempre às quintas, sextas e sábados. Os conteúdos contemplam aulas presenciais e online, além de atividades práticas e de campo.




CBF
Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário