Rede de fast food pode bancar volta de Walter ao Goiás | Eu Sou Goiás
Notícia
Carregando...

Rede de fast food pode bancar volta de Walter ao Goiás

Flu e Porto se acertam, e Walter vai fazer exames médicos para assinar
Divulgação 



A rede de fast food americana Burger King pode ser parceira do Goiás na tentativa de trazer o atacante Walter de volta. Uma reunião entre a diretoria esmeraldina e a empresa acontece nesta semana para discutir o assunto. O atleta, que voltou a enfrentar problemas com a balança nesta temporada, está insatisfeito no Fluminense e conversou com o presidente Sérgio Rassi sobre um possível retorno a Serrinha.

A princípio, o maior empecilho é o salário de R$ 230 mil que o jogador recebe no Fluminense. Essa é a segunda tentativa do Goiás de recontratar Walter. Ele brilhou pelo clube em 2013.

"Eu tenho uma reunião marcada com a Burger King. Eles inicialmente contavam com um projeto para as categorias de base e agora estão pensando também em investir no profissional. Seria muito bem vinda, uma marca valiosa e que traria conceito para nossa camiseta. Seria nesse contexto um possível negócio pelo Walter", confirmou Rassi.

Com todas as certidões negativas em mãos, a equipe não pretende apenas passar por cima de seu teto salarial para trazer o jogador de 25 anos. Walter tem contrato com o Porto até 2017 e está emprestado ao Flu até o fim desta temporada. Ele esteve próximo do Santos no último mês, mas esbarrou no acerto salarial. O Flamengo foi outro que tentou.

"Havendo uma parceria com o Fluminense e um investidor, sem romper com o nosso teto, é viável uma negociação. Depende, na verdade, do Fluminense. Queremos por empréstimo", afirmou o presidente Sérgio Rassi.

"O próprio Walter ligou para mim outro dia parabenizando pelas certidões e por temos conseguido saldar o débito que tínhamos com ele. Conversamos sobre outros assuntos e fui bem claro que gostaríamos de tê-lo conosco um dia e ele disse o mesmo. Agora, com essa renovação do Fred, pode ser que haja a chance do Fluminense liberar o atleta par a gente. Existe conversa se as três partes toparem", concluiu.


O preparador Robson Gomes, responsável por colocar Walter em forma em 2013, foi demitido em dezembro pelo Goiás.


















ESPN
Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário