Goiás vence por 1 a 0, no tempo normal mas perde nos pênaltis para o Emelec e está eliminado da Sul-Americana | Eu Sou Goiás
Notícia
Carregando...

Goiás vence por 1 a 0, no tempo normal mas perde nos pênaltis para o Emelec e está eliminado da Sul-Americana

Comemoração do Goiás contra o Emelec (Foto: Agência AFP )
Agência - AFP


Copa Sul-Americana 2014 - Gol de Erik dá esperança, mas Alviverde revive drama de 2010 e vê sonho da Sul-Americana morrer nas penalidades.

O roteiro trágico se repetiu: fim do sonho nos pênaltis. Após vencer por 1 a 0 no tempo normal, o Goiás caiu para o Emelec nas penalidades e está eliminado da Copa Sul-Americana, revivendo drama de 2010, quando perdeu o título também na incompetência dos cobradores.

Desta vez, porém, o aproveitamento dos arremates nem foi tão baixo. Goiás e Emelec alternaram boas cobranças e tiveram poucos erros. Um para cada lado: Mena para os visitantes, Bruno Mineiro para os goianos. Já nas batidas alternadas, coube a Pedro Henrique desperdiçar mais uma para o Alviverde, que deu adeus ao torneio: 5 a 6.

Nas quartas de final, o Emelec vai enfrentar o São Paulo, que passou pelo Huachipato, do Chile. O Goiás volta a campo no sábado pelo Brasileirão e recebe o Grêmio, às 18h30.

Início promissor
Tudo que o Goiás queria no primeiro tempo era sair na frente. Conseguiu. Após início de jogo amarrado, aos poucos o time esmeraldino foi se soltando. Sobretudo pela boa atuação de Esquerdinha, centralizado e responsável por ditar o ritmo da partida. Aos 19 minutos, Erik foi lançado em profundidade, ganhou na velocidade e deu um drible seco em Narváez. A bola caiu no pé canhoto do atacante, que acertou uma bomba no ângulo: 1 a 0.

Em vantagem, o Alviverde passou a tomar mais cuidado para não se expor demais. O sistema defensivo esteve muito bem. Amaral ajudava bastante a zaga formada por Jackson e Pedro Henrique, possibilitando sempre haver um na marcação de Herrera e um posicionado na sobra.

Ousadia ineficaz
Ricardo Drubscky bem tentou aumentar o volume de jogo ofensivo do Goiás colocando mais um atacante, Bruno Mineiro, e trocando David por Ramon, mas não teve tanto sucesso. As tabelas pelo meio-campo, que deram tão certo na etapa inicial, não se repetiram na segunda metade do jogo. As chegadas com perigo também diminuíram. Em uma das melhores oportunidades, aos 29 minutos, Esquerdinha achou Bruno Mineiro na área, mas o atacante não conseguiu tirar de Dreer. No finzinho, Erik teve outra boa chance, mas tentou driblar o goleiro e foi travado. O castigo veio nas penalidades, com a eliminação esmeraldina em casa.

Ficha Técnica
5 - Goiás 1 x 0 Emelec - 6
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO) 
Data: 15/10/2014 
Horário: 22h00
Árbitro: Wilmar Roldán (COL) 
Auxiliares: Humberto Clavijo (COL) e Wilson Berrio (COL)

Gol: Érik 19’ 1T (1-0) 
Cartões amarelos: Pedro Henrique (Goiás); Bagui (Emelec)

Penalidades:
Goiás: Thiago Mendes (C), Lima (C), Bruno Mineiro (E), Jackson (C), Érik (C), Esquerdinha (C) e Pedro Henrique (E)
Emelec: Bolaños (C), Mena (E), Mondaíni (C), Baguí (C), José Quiñonez (C), Lastra (C) e Gaibor (C).

GOIÁS: Renan; Felipe Macedo, Pedro Henrique, Jackson e Léo Veloso; Amaral, David, Thiago Mendes, Esquerdinha e Tiago Real; Érik Técnico: Ricardo Drubscky

EMELEC: Dreer; Narváez, Achilier, José Quiñonez e Bagüi; Pedro Quiñonez, Lastra, Giménez e Mena; Bolaños e Herrera Técnico: Gustavo Quinteros













GE - Goiânia
Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário