Presidente do Goiás volta atrás sobre redução de espaço para torcida adversária. | Eu Sou Goiás
Notícia
Carregando...

Presidente do Goiás volta atrás sobre redução de espaço para torcida adversária.

João Bosco Luz, presidente do Goiás (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás E.C.)
Rosiron Rodrigues - Goiás Esporte Clube

Em sua rede social(Twitter), presidente do Goiás Esporte Clube João Bosco Luz volta atrás sobre redução de espaço para torcida adversária.

João Bosco Luz anunciou nesta segunda-feira 22, em sua rede social (Twitter) a desistência de limitar em 15% a carga de ingressos destinada aos torcedores de clubes adversários. Em decisão anunciada há  20 dias atrás, seria colocada em prática nas partidas em que o Alviverde fosse mandante no Serra Dourada.

Segundo João Bosco, o motivo do cancelamento foi o baixo número de torcedores que compareceram aos últimos jogos do Goiás na Série A do Campeonato Brasileiro. No domingo, somente 4.853 pagantes presenciaram a vitória esmeraldina por 2 a 1 sobre a Portuguesa. Na rodada anterior, contra o Vitória, o público foi ainda menor: 4.420. 


Reprodução - Twitter

O projeto anunciado era para restringir a carga de ingressos aos clubes adversários contou com debate que envolveu não apenas o Goiás, mas também o Vila Nova, a FGF e a Polícia Militar. Apenas o Atlético-GO optou por não presenciar as reuniões sobre a pauta.

Na ocasião, João Bosco Luz garantiu que a medida seria aplicada em todas as competições que tivessem participação do Goiás e chegou a afirmar que o Serra Dourada seria 'pequeno' para a torcida do clube.

- Agora é com a torcida esmeraldina, que já provou que o Serra Dourada é pequeno para ela. Os visitantes ficarão em uma área menor, somente nas arquibancadas, em um espaço que corresponde a pouco mais de 10% do estádio. Não haverá divisão para eles nas cadeiras. Vale para Copa do Brasil, Brasileiro e Goiano - disse o dirigente quando do anúncio da medida.




GE - Goiânia

Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário