Em fases opostas, Santo André e Goiás duelam pela Copa do Brasil | Eu Sou Goiás
Notícia
Carregando...

Em fases opostas, Santo André e Goiás duelam pela Copa do Brasil

Hugo, meia do Goiás (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás E.C)
Rosiron Rodrigues - Goiás Esporte Clube



Ramalhão luta contra dificuldades e tenta reviver título surpreendente de 2004, enquanto rival da primeira divisão espera manter bom aproveitamento no ano.

A fase é bem distinta, mas o Santo André ainda se inspira em 2004. Campeão da Copa do Brasil naquele ano, o time paulista recebe o Goiás nesta quarta, às 15h, pela segunda fase do torneio nacional, sonhando com mais uma conquista surpreendente. Mas a tarefa não será fácil. Enquanto o Ramalhão está na Série D do Campeonato Brasileiro e na A-2 do Paulistão. 

O Goiás vive ótima fase, apesar da derrota na primeira partida semifinal do Campeonato Goiano, e voltará à primeira divisão nesta temporada após o título da Série B em 2012. A arbitragem no estádio Bruno José Daniel será de Wagner do Nascimento Magalhães (RJ). Ele será auxiliado por Jackson Massarra (RJ) e Wendel de Paiva Gouveia (RJ).


Caso vença por dois ou mais gols de diferença, a equipe goiana eliminará o rival sem a necessidade da partida de volta, assim como fez na primeira fase. Para se classificar, o Goiás venceu o Oratório-AP por 3 a 1, em Macapá, e voltou para casa com a vaga assegurada. Já o Santo André não teve tanta facilidade. Após perder para o Veranópolis fora de casa por 1 a 0, o time comandado pelo técnico Dedimar Souza - campeão da Copa do Brasil pelo próprio Santo André em 2004, como jogador - venceu na volta por 2 a 0 e carimbou passaporte para enfrentar o Goiás. O jogo da volta está previsto para o dia 15 de maio, no Serra Dourada. Quem avançar no confronto pegará ABC ou Sport na terceira fase.


Inspiração no passado

Sandro Gaúcho (à direita) título da Copa do Brasil (Foto: Arquivo/Globoesporte.com)
Foto: Arquivo - Globoesporte



Sem jogar há mais de dez dias, o Santo André pôde caprichar na preparação para o jogo. O clube ficou apenas em 13º na Série A-2 do Campeonato Paulista e agora já pensa na quarta divisão nacional. Enquanto a diretoria tenta reformular o elenco, o Ramalhão segue na Copa do Brasil e sonha em repetir o feito histórico de 2004, quando foi campeão ao vencer o Flamengo no Maracanã. O curioso é que quatro jogadores do atual elenco estavam na equipe campeã há nove anos – Elvis, Jardel, Luciano Henrique e Ramalho. 


Para o volante Ramalho, que volta de contusão, a partida com o Goiás terá ingrediente especial já que, depois de ser revelado pelo próprio Santo André, defendeu o Esmeraldino por duas temporadas.
- Foi uma das minhas melhores passagens por um time, quando consegui inclusive marcar seis gols na mesma temporada. Tenho um carinho especial pelo Goiás e todos os seus funcionários, mas agora defendo o Santo André e preciso ajudar os meus companheiros a conquistar a vitória – destaca o volante.


Respeito ao rival

Assim como na primeira fase, o técnico Enderson Moreira não fala em classificação antecipada. Segundo o treinador esmeraldino, o Goiás já estará satisfeito se conquistar um bom resultado fora de casa, mesmo que não seja vitória por dois ou mais gols de diferença. Na última quinta-feira, o Goiás, que liderou a primeira fase do Campeonato Goiano com folga, perdeu para a Aparecidense no jogo de ida da semifinal e terá de vencer no próximo domingo para não ser eliminado. Serão pelo menos quatro mudanças no time titular, com destaque para o meia Hugo, que não está inscrito no Estadual. Hugo marcou um dos gols da vitória por 3 a 1 sobre o Oratório-AP, na primeira fase da Copa do Brasil.


- A gente ainda busca um encaixe melhor na equipe. Às vezes fazemos mudanças não porque um jogador foi mal na partida, mas sim porque precisamos de um estilo de jogo diferente. Estamos em construção, e espero que a gente tenha uma consistência melhor. Respeitamos muito o Santo André e fazer um bom jogo para nós não significa eliminar o adversário agora. Não pensamos nisso. A gente quer um bom resultado, para que nossa situação não esteja complicada no jogo de volta. O Santo André é um time tradicional, que já foi campeão, e que merece todo respeito – diz Enderson Moreira.


FICHA TÉCNICA
Local: Estádio Bruno José Daniel, em Santo André
Competição: Copa do Brasil – 2ª fase (jogo de ida)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Jackson Massarra (RJ) e Wendel de Paiva Gouveia (RJ)
SANTO ANDRÉ
Adilson; Nequinha, Junior Paulista, Rogélio e George; Jardel, Élvis (Ramalho), Luciano Henrique e Fubá; Luiz Ricardo e Dedé.
Técnico: Dedimar Souza.
GOIÁS
Harlei; Vítor, Ernando, Valmir Lucas e William Matheus; Amaral, Thiago Mendes, Ramon (Eduardo Sasha), Hugo e Renan Oliveira; Walter.
Técnico: Enderson Moreira.
















GE - Goiânia
Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário