Para o gasto: Goiás faz o suficiente e vence o Grêmio Anápolis por 1 a 0 | Eu Sou Goiás
Notícia
Carregando...

Para o gasto: Goiás faz o suficiente e vence o Grêmio Anápolis por 1 a 0

Goiás x Grêmio Anápolis Goianão 2013 Eduardo Sasha (Foto: Mantovani Fernandes/O Popular)
Mantovani Fernandes - O Popular



Com gol de Dudu Cearense, Verde chega aos 49 jogos de invencibilidade como mandante. Equipe anapolina se mantém em quinto e sonha com G-4.


Das 13 vitórias do Goiás no Campeonato Goiano, a deste domingo certamente foi a menos vibrante do campeonato. Já classificado e com a primeira posição garantida, o Esmealdino venceu, em ritmo de treino, o Grêmio Anápolis, por 1 a 0 (veja o gol no vídeo), no Serra Dourada, pela penúltima rodada da primeira fase do Goianão.

O volante Dudu Cearense foi o autor do único gol da partida. No entanto, os esmeraldinos vibraram mais com os gols do Crac diante do Vila Nova. O resultado ampliou o ótimo desempenho do Alviverde como mandante, que agora completou 49 jogos sem perder nas partidas com tal condição.
saiba mais


O Goiás chegou aos 42 pontos, com ampla vantagem na liderança. O Grêmio Anápolis segue com 21 pontos, em quinto, e ainda sonha com o G-4 da competição. O Verde encerra a participação na primeira fase do Goianão diante do rebaixado Itumbiara, fora de casa, no próximo domingo. A equipe anapolina recebe Crac, no Jonas Duarte, também no domingo

Jogo sonolento

Com poucos atrativos, a partida demorou a empolgar no Serra Dourada. Sem pretensões no campeonato, o Goiás entrou em ritmo de treino, priorizando a posse de bola. Até mesmo a torcida esmeraldina decepcionou, compareceu pouco e vibrou mais com os gols do Crac diante do rival Vila Nova. O único grande interessado na partida, o Grêmio Anápolis, tinha dificuldades para superar a marcação esmeraldina e criava poucas chances.


Mas foi o Azulão anapolino quem iniciou mais ameaçador. Usando as laterais, e finalizações de Nei e Cristian, o time de Édson Júnior não se acanhava e se lançava ao ataque. O Goiás girava a bola e não encontrava espaços para entrar na área adversária. No entanto, não foi necessária criatividade para furar o bloqueio do Grêmio. Aos 16 minutos, Renan Oliveira cobrou escanteio, a bola voltou aos seus pés. Após novo cruzamento, Walber rebateu a pelota, e Dudu Cearense apenas escorou para abrir o placar: 1 a 0 Goiás.






 O gol não alterou o comportamento dos esmeraldinos. A equipe de Enderson Moreira tinha um ritmo menos intenso do que nas últimas partidas e aproveitava a apatia do Grêmio Anápolis. O Goiás ainda criou boas chances com Walter, em uma cobrança de falta e um chute de dentro da área, além de investidas de Sasha e Vítor. Contudo, ainda sobrou tempo para polêmica na primeira etapa. Aos 44 minutos, Cristian cobrou falta, e a bola bateu na trave. Na sobra, o zagueiro Jaime mandou para as redes, mas o auxiliar Hederson Leão marcou impedimento do defensor, para desespero dos gremistas.






Desinteresse esmeraldino
 Na volta do intervalo, o Goiás tentou afastar um pouco do marasmo da primeira etapa. Logo nos momentos iniciais Renan Oliveira obrigou Walber a fazer uma ótima defesa, após um petardo de longa distância. A equipe esmeraldina continuava com a posse de bola e mais incisivo no ataque. No entanto, o Grêmio Anápolis não se entregou. Édson Júnior colocou Sandro Lima na vaga de Nei, e a equipe anapolina ganhou maior poder em seu ataque.

O Azulão conseguia chegar à área esmeraldina, mas errava no passe final, e Harlei se mantinha tranquilo em seu gol. Isolado na frente, Walter se esforçava para voltar a marcar, mas também tinha dificuldades. Aos 13 minutos, o atacante quase balançou as redes em um chute de dentro da área, mas foi barrado após uma defesa de Walber. Dois minutos mais tarde, a torcida esmeraldina teve o seu momento de maior alegria na segunda etapa.

Entretanto, o motivo não foi nada produzido pela equipe alviverde. Os mais de 3 mil torcedores presentes no Serra Dourada vibraram com o anúncio do terceiro gol do Crac diante do Vila Nova, que colocava o rival na zona de rebaixamento. Nos minutos restantes, pouca coisa aconteceu. Sem força para encontrar espaços, o Grêmio Anápolis apenas assustou com um chute de Américo, mas viu a bola ser interceptada por Ernando, em cima da linha do gol.

Enderson Moreira aproveitou para observar alguns atletas – Caio, Yuri e Welinton Júnior –, mas o panorama não se alterou. Um dos mais lúcidos em campo, o lateral Vítor quase ampliou o placar para o Goiás, aos 27 minutos, com um arremate de longe que foi para fora. Mas a criatividade das duas equipes não melhorou, e o marcador seguiu com o magro 1 a 0 até o fim.

FICHA TÉCNICA - GOIÁS 1 X 0 GRÊMIO ANÁPOLIS

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia

Competição: Campeonato Goiano

Árbitro: Fabrício Nery

Assistentes: Hederson Leão e Cleyton Pereira

Gols: Dudu Cearense 16' 1ºT (Goiás)

Cartões amarelos: Rodrigo (Goiás) / André (Grêmio Anápolis)

Público pagante: 3344 pagantes

Renda: R$ 53.880,00

GOIÁS: Harlei; Vítor, Rodrigo, Valmir Lucas e Eron; Amaral, Dudu Cearense, David (Caio), Renan Oliveira (Yuri) e Eduardo Sasha (Welinton Júnior); Walter.
Técnico: Enderson Moreira

GRÊMIO ANÁPOLIS: Walber; Marcelo (Nick), Ícaro, Jaime e Túlio; André, Renato, Cristian e Sandrinho (Tindurim); Américo e Nei (Sandro Lima).
Técnico: Édson Júnior








GE - Goiânia

Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário