Conheça um pouco sobre o próximo adversário do Goiás na Copa do Brasil 2013 | Eu Sou Goiás
Notícia
Carregando...

Conheça um pouco sobre o próximo adversário do Goiás na Copa do Brasil 2013

Tasso Marcelo - AE



História 

O Esporte Clube Santo André foi fundado em 18 de setembro de 1967, na época como Santo André Futebol CLube. Na data da fundação, a expectativa era de criar um clube que se rivalizasse com os principais expoentes do futebol interiorano como Campinas, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e tantas outras cidades brilhavam com seus representantes. Por que Santo André da milionária Grande ABC não poderia ter vez?


A idéia surgiu na Liga de Futebol Amador da Cidade, do presidente da entidade, Wigand Rodrigues dos Santos. Ganhou corpo entre os esportistas, evoluiu, e foi sacramentada com a fundação do clube numa noite chuvosa. Faltou energia elétrica durante a assembléia, realizada no Tiro de guerra, na Praça 18 do Forte. Não seria essa primeira contrariedade do destino que tiraria o que o Santo André tem de mais abundante: tenacidade, persistência, paixão. Sob luzes de velas, fundou-se o clube.

O Santo André saiu do quase nada, da idéia abstrata de representar o futebol profissional do Município, para uma posição de destaque na hierarquia esportiva e institucional. O lançamento oficial como clube profissional, candidato à disputa do Campeonato da Federação Paulista de Futebol, ocorreu em 20 de Janeiro de 1968, no Paço Municipal de Santo André, com muita festa.

Em 22 de março de 1975, o Santo André Futebol Clube passou a chamar-se Esporte Clube Santo André, nome que é utilizado até os dias de hoje. Foram trocadas também as cores do uniforme. O verde e amarelo dava lugar ao azul e branco.


Momentos marcantes


O primeiro grande momento da vida do Santo André aconteceu em 1975 quando conquistou o título do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (sem acesso). O feito se repetiu em 1981 quando conquistou o titulo e pela primeira vez subiu para a elite do futebol paulista.

Já em 1984,  o clube se destacou também no cenário nacional. Neste ano, o Ramalhão conseguiu o direito de disputar pela primeira vez a primeira divisão do Campeonato Brasileiro e fez bonito, terminando na honrosa 10ª colocação.

A partir de 2003, o clube vive momentos dourados. Logo em janeiro conquistou o título da Copa São Paulo de Juniores, depois ficou na segunda posição do Campeonato Brasileiro da Série C o que lhe rendeu vaga para a Série B de 2004. No final da temporada, o Santo André conquistou o título da Copa Estado de São Paulo e garantiu presença na Copa do Brasil.

Pela primeira vez disputando a Copa do Brasil, segundo título mais importante do país, o clube do ABC surpreendeu a todos e com uma grande campanha conquistou o título, batendo o Flamengo na final, por 2 a 0, em pleno estádio do Maracanã lotado de torcedores.

Com o título, o Ramalhão garantiu a inédita vaga para a disputa da Copa Libertadores da América. Mesmo sendo eliminado na primeira fase, o clube honrou o Brasil no continente e, inclusive, aplicou uma goleada por 6 a 0 sobre o Deportivo Táchira, da Venezuela.

Após temporadas apagadas em 2006 e 2007, o clube voltou com tudo na temporada 2008. No primeiro semestre passou como um furação pela Série A-2 e conquistou o título com certa facilidade. Nessa competição, o Ramalhão chegou a ficar 12 jogos invictos (da primeira até a 12ª rodada).

Já no segundo semestre, a equipe disputou com gigantismo o Campeonato Brasileiro da Série B. Em uma excelente campanha, o Ramalhão terminou com o vice-campeonato e, consequentemente, com o acesso para a Série A de 2009. Como o campeão foi o Corinthians, que contou com altos investimentos para voltar à elite, muitos consideram o Ramalhão como o virtual campeão.

Além disso, outra marca engrandece os torcedores andreenses na histórica campanha: o Santo André foi o único clube que não perdeu para o Timão. Foram dois empates: 1 a 1 no Bruno Daniel e 2 a 2 no Pacaembu. Um detalhe importante, nos dois jogos, o Santo André saiu na frente e o Corinthians só empatou nos instantes finais.




Atual elenco - Click no escudo e conheça os atletas



 Estádio Bruno José Daniel 
 
Foto: Site Oficial Esporte Clube Santo André

Endereço
Rua 24 de Maio, s/n - CEP 09110-150 - Vila Pires - Santo André (SP)

Telefone
(11) 4474 1769

Inauguração
14 de dezembro de 1969 - Santo André 0x4 Palmeiras (time misto)

Capacidade
15.157 pessoas

Dimensões do gramado
105m x 68m

Curiosidades:

1. O nome atual do estádio, aprovado pela Câmara Municipal em 1973, é uma homenagem ao pai do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel, assassinado em janeiro de 2002. Bruno José Daniel também teve passagem marcante pela política da cidade. Vereador por três legislaturas seguidas (de 1952 a 1964), foi presidente da Câmara Municipal, prefeito interino (em 1955) e Secretário da Fazenda da cidade (no governo de Lauro Gomes). Bruno Daniel morreu em 1969.

2. O recorde de público do estádio é de 21 mil pessoas, no empate sem gols entre Santo André e Corinthians. A partida, realizada em setembro de 1983, marcou a despedida do ex-lateral corintiano Zé Maria do futebol.

3.  Em 30 de junho de 2001, na última rodada da Segunda Divisão do Campeonato Paulista (Série A2), 18 mil pessoas assistiram o Santo André derrotar o Ituano por 1x0 e voltar à elite do futebol paulista após sete anos.

4. Em 1970, o estádio serviu de sede para o Campeonato Brasileiro de Futebol Amador (categoria juvenil) entre Seleções Estaduais. Trouxe sorte ao Estado, já que São Paulo acabou conquistando o título.


Mascote

São poucos os clubes do Brasil que não adotam um bicho como mascote e o Santo André é uma dessas exceções. Para homenagear o patrono da cidade, o clube adotou o apelido de Ramalhão, em homenagem a João Ramalho, um português que viveu entre os índios antes mesmo das expedições colonizadoras que fundaram São Paulo. João Ramalho foi nomeado capitão da Vila de Santo André por Tomé de Sousa, o primeiro Governador Geral do Brasil.


Artilheiros

O maior artilheiro do EC Santo André é o atacante Tulica com 63 gols marcados, em segundo lugar está Sandro Gaúcho com 58 gols, e em terceiro lugar está o meio-campista Arnaldinho com 52 gols marcados.

Torcidas

Fúria Andreense: É a maior torcida organizada do Grande ABC, com mais de 2 mil sócios, foi fundada dia 21 de outubro de 2000. A torcida esteve presente em momentos importantes da equipe do ABC, entre eles estiveram o acesso ao Campeonato Brasileiro Série B em 2003, a conquista mais importante do Esporte Clube Santo André que foi a Copa do Brasil em 2004, e também no acesso à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro em 2008.


T.U.D.A: É a torcida mais antiga do grande ABC, foi fundada em 1981, e sempre esteve presente com o Ramalhão em suas grandes conquistas.
Esquadrão Andreense: Foi fundada em 2005, ficou inativa e voltou com força total suas atividades no Brasileirão de 2009, hoje é a torcida que mais cresce no ABC Paulista, a torcida faz uma mescla nas arquibancadas dos estilos Sul Americano e europeu e com suas canções sempre de apoio ao Santo André segue sempre os 105 minutos apoiando a equipe.

Ranking da CBF - 2012
Posição: 49º
Pontuação: 398 pontos
Ranking IFFHS de Clubes Sulamericanos (2001-2010)
Posição: 168°
Pontuação: 168 Pontos4
Clássicos
Santo André x São Caetano - Clássico do ABC5 - Santo André x São Bernardo


Títulos:



1974 - Vice-Campeão Paulista da Segunda Divisão
1975 - Campeão Paulista da Segunda Divisão (sem acesso)
1981 - Campeão Paulista da Segunda Divisão
2001 - Vice-Campeão Paulista da Segunda Divisão
2003 - Campeão da Copa São Paulo de Juniores
2003 - Campeão da Copa Estado de São Paulo
2003 - Vice-Campeão Brasileiro da Série C
2004 - Campeão da Copa do Brasil
2008 - Campeão Paulista da Segunda Divisão (Acesso a Série A-1)
2008 - Vice-Campeão Brasileiro da Série B (acesso a Série A)



  
        














 Site Oficial Esporte Clube Santo André
Partilhar no Google+

Eu Sou Goiás

Postar um comentário